Não é crime ser diferente!

Todos temos nossas diferenças nesse mundo… ninguém é obrigado a ser igual a outra pessoa! Temos cores diferentes, religiões diferentes e opções diferentes. Nem por isso temos o direito de intrometer na vida dos outros.

Ninguém tem que se ferir, virar bulímico ou anoréxico, querer fazer plástica, fingir, se esconder, mentir, ser infeliz, só para ser aceito! As pessoas passam por diversos estresses psicológicos para serem tratadas como “iguais”… É tanto rótulo, mas não vale a pena sofrer!

Uma das questões que mais envolvem preconceito atualmente está relacionada a opção sexual das pessoas. E foi na tentativa de quebrar preconceitos que Glee mostrou na semana passada um beijo gay, entre adolescentes (Kurt e Blaine)… e eu – sou heterossexual sem nenhuma dúvida – achei BONITO! Blaine se declarou para Kurt e no final, a cena acabou em beijo! Foi delicado, romântico e encantador. Mostrou que não é crime NENHUM duas pessoas do mesmo sexo, que se amam muito, trocarem carinho.

E por que tem gente que diz ter nojo dessas coisas? Eu tenho mais nojo de duas pessoas (de sexos diferentes, inclusive), se pegando em um show de Axé ou no Carnaval, naquela coisa toda suada e bagunçada – isso quando o pudor não some completamente e a gente é obrigado a ver cada coisa que só deve acontecer dentro do quarto ou pelo menos entre quatro paredes (seja lá de qual cômodo)!

Tenho duas concepções em relação a pessoas que tem preconceito: ou a pessoa foi criada assim ou ela acha que vai ser uma pessoa melhor se tiver preconceito (porque não existe explicação lógica para preconceito).

Quando o preconceito vem de família: ou a pessoa vira um bullying, que não aceita as diferenças, ou a pessoa se rebela e vira alvo do preconceito dos próprios pais – eu acho que nenhum desses lados é saudável – os pais têm que entender que os filhos devem ser livres para fazer as escolhas deles, sem julgar e repreender as crianças ou sem criá-las para repreender os outros!

E quando a pessoa acha que vai ser melhor que todo mundo se for preconceituosa (pode ser depois de sair da asa dos pais, inclusive), essa já é bullying de natureza!!! E nem com todas as chances de se redimir (mesmo se alguém muito próxima for diferente), essa pessoa será uma pessoa melhor. É a mesma coisa de uma pessoa que quer ganhar sempre ou que faz de tudo para derrubar os outros – acho que essas pessoas nunca serão felizes…

Vamos respeitar/entender a opinião alheia e sermos todos felizes do jeito que cada um de nós é? Sem preconceitos! =)

Ps: São várias músicas/clipes que tratam do assunto “preconceito”/rótulos: Beautiful (Christina Aguilera), What’s Going on (Versão mais recente), Raise your glass (Pink), Crazy (Simple Plan)… por aí vai! Às vezes a música nos ajuda mais do que pensamos!

Anúncios

4 pensamentos sobre “Não é crime ser diferente!

  1. Concordo plenamente!
    Não gosto de ver dois homens se pegando. Não gosto de ver duas mulheres se pegando. Não gosto de ver um homem pegando uma mulher.
    Pegação é embaraçoso pra quem não está no meio. Não gosto de ver pegação de um modo geral. Pra mim dá tudo na mesma.
    E se somos todos feitos do mesmo material, pelo mesmo Deus – para quem acredita, é claro – e no fim das contas todos teremos o mesmo fim, só indo para cemitérios diferentes, porque mesmo as diferenças são importantes?
    Bom, uma música sobre o assunto que é digna é “Born This Way” da Lady Gaga…

    “Don’t hide yourself in regret
    Just love yourself and you’re set
    I’m on the right track, baby, I was born this way
    (…)
    No matter gay, straight or bi
    Lesbian, transgendered life
    I’m on the right track baby, I was born to survive
    No matter black, white or beige
    chola or orient made
    I’m on the right track, baby, I was born to be brave”

    Quando criança fui vítima de bullying porque era excessivamente magro. Engordei, e passei a ser vítima de bullying porque agora estava meio acima do peso.
    Hoje achei um peso ideal e sou feliz assim, sem ligar para a ignorância alheia. Pagar minhas contas que é bom, ninguém paga… então, que se enforquem com o que pensarem de mim. Eu que não me importo.

  2. Eu tb daria like 1000x pro comentário do Gui!
    É isso aí! Cada um na sua, cuidando da própria vida… e quem não sabe aceitar o outro com suas diferenças é que se isole e poupe o mundo da sua ignorância!

    Mas… comentando a foto… morri de inveja do Kurt…hauhauah… e chorei a lot porque foi liiiiiiiiiiiinda a cena!! ❤

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s