Guia Cosplay – Roupas

Essa semana tem mais um Anime Festival em Belo Horizonte. Uma das coisas que eu mais gosto em festivais de Anime são os Cosplays. Fico analisando as roupas, maquiagens e tudo mais. Eu já fiz alguns Cosplays ao longo dos anos e decidi que, aproveitando a véspera do Anime Festival, vou compartilhar algumas das minhas experiências em confeccionar Cosplays.

 

Hoje vou falar das roupas: um dos mais importantes requisitos de um bom Cosplay é a roupa. Ao tentar interpretar um personagem, é importante que a sua roupa e a do personagem sejam as mais próximas possíveis – senão as pessoas não irão reconhecer seu Cosplay.

 

Procure diferentes imagens dos personagens – tanto do Anime ou do Manga e até imagens de miniaturas/action figures baseadas nesses personagens. Com isso você consegue maiores informações sobre o figurino do personagem e vai conseguir reproduzir a roupa melhor.

 

Ex: Um cosplay que sempre quis fazer é a Sumeragi Lee de Gundam Seed. Além de coletar fotos do Anime, tenho a miniatura dela, que é a melhor referência para a roupa que eu tenho. Por isso, recomendo que procure imagens que mostram todos os detalhes: roupa, sapato e acessorios! Com as fotos abaixo

Com essas imagens, já dá para analisar alguns pontos cruciais para fazer a roupa do cosplay: Tecido/Caimento, Cores, adaptação de cores que já tenho e confecção de novas peças. Continue lendo para saber o que eu penso sobre esses detalhes/pontos.

Tecidos/Caimento: Para escolher os tecidos que você irá utilizar, pense em três pontos: a) Ajuste do tecido ao seu corpo; b) Temperatura no dia do evento; c) Fidelidade ao personagem.

a)      Não adianta nada você fazer um cosplay super idêntico ao do personagem se ele ficar largo demais ou justo demais em você. Tenha certeza que terá a oportunidade de experimentar o cosplay antes do evento para realizar todo e qualquer ajuste necessário para que a roupa sirva perfeitamente. Tenha certeza que os fechos não deixarão vocês na mão, que a roupa não está curta demais ou comprida demais.

b)      Se você sabe que você terá que usar um cosplay em um dia muito quente, opte por um Cosplay mais leve, com menos camadas de tecido, porque senão você vai querer trocar de roupa no meio do evento – deixe os cosplays com mais roupas/mais pesados para dias mais frios. Tecidos como algodão, seda e de cores claras (que não absorvem o calor) são melhores para dias quentes.

c)      Não adianta nada usar algodão se o personagem usa uma roupa de couro, ou usar um tecido rodado se a roupa do personagem é super justa! Antes de comprar um tecido, procure saber o caimento dele – se ele fica ajustado ao corpo, se ele fica solto, se a cor é fiel aos desenhos… Não adianta querer fazer uma coisa no impulso e de qualquer jeito, porque aí você acaba com um cosplay feio!

 

Cores: As cores são um detalhe muito importante para um Cosplay. Não tenha medo de optar por tecidos que brilham, com cores mais fortes – porque os desenhos japoneses e vídeo-games tem muito de exagero! Algodão, seda, PV, vinil e veludo são tecidos que tem cores fortes e conseguem ser facilmente adaptados/utilizados em cosplay. Analise bem as cores das imagens que você coletou para ter em mente exatamente qual cor deseja usar. E se você entende um pouco de tecidos, recomendo que você mesma compre os panos que vá usar no cosplay, para ter certeza que a cor do pano é a cor que você queria usar e não se arrepender depois.

 

Confecção/Costura: Se você sabe costurar ou tem alguém próximo de você que costura bem (mãe, tia, avó), então você provavelmente terá menos preocupações com o Cosplay – quando uma pessoa próxima de você o ajuda a confeccionar o cosplay, você pode acompanhar de perto todo o processo, podendo ajustar a vontade – só tem que tomar cuidado com os prazos, porque quando é um favor, as pessoas podem demorar mais a entregar o cosplay pronto. Já se você não tem habilidades de costura, é importante procurar uma costureira. Nesse caso é bem provável que você precise gastar mais e ficar de olho na questão dos ajustes – as costureiras não necessariamente vão entregar algo ajustado ao seu corpo e como o trabalho delas é mais independente de você, é mais fácil que ocorram erros (um detalhe ficou diferente, a cor ficou mais clara e afins)… no caso de costureira, você tem que deixar bem claro o que deseja (principalmente em relação a cores e detalhs), como deseja que a roupa dique em seu corpo… tem que ser detalhista sim, para que depois, na última hora, não tenha que fazer ajustes que podem atrapalhar seu cosplay!

 

Adaptando roupas que você já tem: Algumas vezes você quer fazer um personagem que usa jeans ou uma blusa parecida com algo que você tenha no guarda-roupa, ou um sapato que você tenha. Para adaptar essas roupas, normalmente você precisa de retalhos ou panos (principalmente para revestir sapatos), tinta de tecido (para pintar panos), você pode recortar moldes, colocar lantejoulas e strass.

 

1)      Tinta de tecido demora a secar – tenha isso em mente antes de fazer o cosplay, porque a parte da tinta não pode ficar para a última hora -, ao aplicar a tinta, passe primeiro um secador em cima do desenho e depois coloque em um varal (de preferência um no qual incida o sol).

2)      Se a roupa precisa ganhar um desenho especial, pegue papel ou cartolina e faça o molde do desenho nesse papel, coloque em cima da roupa e depois só passe a tinta dentro do molde (fica tão mais fácil que desenhar a mão e no papel você pode errar mais).

3)      Não tenha medo de usar grampo e cola quente – principalmente em sapatos e para colar os detalhes da roupa – porque é mais fácil (só tenha em mente que você irá andar o dia inteiro e deve ter certeza que está tudo bem colado para que seu cosplay não desmonte no meio de um evento).

 

Custos: Você deve ter em mente que um Cosplay, mesmo mais simples, pode custar mais de três dígitos de dinheiro (Os mais simples que eu fiz custaram entrem R$100 e R$150). Se você quer fazer algo bem feito, para competir principalmente, não adianta economizar.

 

Você também não precisa investir em um cosplay para usar uma única vez – só não vá usar o cosplay vários dias seguidos porque você fica fedendo e é nojento!!! Pode usar o cosplay em um evento (e chega em casa e o coloque para lavar) e depois use em outro evento meses depois!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s