Porque você tem a preferência?

Uma coisa que está me deixando descrente e até meio revoltada é essa coisa de atendimento preferencial. Segundo a lei, pessoas idosas, deficientes, mulheres grávidas e pais com criança de colo tem direito a atendimento preferencial nos estabelecimentos.

Já vi de tudo para se abusar desse direito de atendimento preferencial. A criança estava correndo feito louca há dois minutos atrás e a mãe ou o pai pega o menino no colo só para passar na frente de uma fila, uma mulher estufando a barriga para se passar por grávida, uma pessoa que tem o direito furando a fila na frente de outra pessoa que também tem o direito, gente que leva avó que mal agüenta andar para fila de ingresso só para comprar primeiro, pessoas PAGANDO para pessoas que tem o direito fingirem que são parentes delas só para passarem na frente… é cada ABSURDO!!!

É triste ver o Office Boy na correria para tentar resolver algo no Banco ou nos Correios aí me aparece aquele menino, que claramente não tem NADA para fazer o dia inteiro, com a avó só para passar na frente (porque enquanto ele é atendido preferencialmente, a avozinha fica sentada confortável, sem mexer um músculo).

Pior é quando as pessoas ainda jogam na cara dos outros: “Nossa, ainda bem que não terei que enfrentar essa fila, porque tenho atendimento preferencial” (e normalmente quem faz isso é a pessoa que está acompanhando alguém que tem o direito, porque se ela tivesse sozinha, teria que enfrentar a fila). É totalmente desnecessário, né?

Eu entendo que essa lei foi criada porque essas pessoas (idosos, grávidas, deficientes, pais com criança de colo) são pessoas que tem MENOS condições de ficar na fila, mas tem que ter senso para tudo, né? Tem gente usando o direito preferencial para furar fila de carrinho de cachorro quente! Aí não, né! Falta MUITO senso!

Sinceramente, eu concordo que para banco, correios, supermercado e afins, esse direito deva existir. Só que eu também acho que esse direito não deveria se aplicar em restaurantes, lanchonetes, lojas menores e locais semelhantes, porque existem OUTRAS opções. Explicando: se você escolheu comer em um restaurante, mesmo vendo que a fila de espera está grande e principalmente se você está acompanhando de outras 10 pessoas (e nenhuma delas tem o direito de atendimento preferencial), você não tem que passar na frente dos outros que estão ali há bem mais tempo. Se seu filho ou neto ou você quer uma casquinha de sorvete de sobremesa, você não deve furar a fila na frente de outras pessoas só porque você tem o direito, afinal VOCÊ escolheu enfrentar aquela fila, mas não é algo que você PRECISA ou é algo URGENTE…

As pessoas precisam parar de se aproveitarem de um direito para agir com total falta de educação. Parece que dói não usar esse direito, que é obrigação furar a fila, mesmo que você tenha tempo sobrando ou está na fila porque quer um luxo/mimo.

Respeitem as outras pessoas, não é só porque você tem um direito diferenciado que tem que passar por cima de todo mundo – tem gente que está na fila do Banco ou dos Correios durante o horário do almoço, tem gente que tem prazos a cumprir… (E eu acho que as grávidas e pais com crianças no colo deviam respeitar ainda mais as outras pessoas, porque a condição delas é passageira).

Anúncios

6 pensamentos sobre “Porque você tem a preferência?

  1. Uma das poucas vezes que fui a uma lotérica fiquei na frente de um rapaz que estava reclamando horrores na fila (que nem era tão grande assim) sobre a demora. Um senhor que estava a minha frente se voltou para o rapaz e disse que ele não deveria reclamar. O rapaz disse que o senhor de idade deveria estar na fila preferencial e ele respondeu: Aquela fila é para pessoas que realmente precisam dela, pessoas de idade que não vendem saúde para ficar de pé esperando, grávidas e pessoas com outras dificuldades. Não me acho no direito de estar ali pegando o lugar delas. Eu seria apenas mais um atrapalhando quem realmente não pode esperar.

    O rapaz ficou em silêncio e eu admirei um pouco mais a sabedoria de uma pessoa mais velha. Realmente, o senhor não era nem tão idoso e nem debilitado e tinha plena capacidade de estar na fila comum, como as outras pessoas e sem reclamar.

    É muita falta de senso, pensamento coletivo, boa vontade dessas pessoas que fazem de tudo “burlar” as regras.

  2. Nossa, isso me irrita HORRORES! Uma vez uma mãe de um garoto especial (adolescente já, não era garoto) queria ter preferência em uma loja de chocolate na época da páscoa, acredita? Como se comprar ovos de páscoa fosse de extrema necessidade. E quando eu reclamei ela teve a audácia de falar mal de mim pro resto da fila. ¬¬
    Uma vez uma mulher com carrinho de bebê passou a frente na fila de uma LOJA DE LINGERIE. Pior que no carrinho dela só tinham conjuntinhos sexies. Quer dizer, pra dar a bonita tem disposição, mas pra ficar na fila, está cansada, né?
    Fora as velhinhas de salto 15, mais inteiras do que eu, maquiadas e retinhas, querendo furar fila… me irrito. Pior que, se você fala alguma coisa, já é logo taxada de mal-educada. Ô mundo deturpado…

    • O pior eh ser taxada de mal educada mesmo… ta cada dia mais complicada essa coisa de atendimento preferencial. Eu nao tenho problema nenhum em deixar passar na minha frente alguem que claramente nao tem condicoes de ficar na fila… mas deixar passar alguem so porque a pessoa eh impaciente, isso eu nao acho certo nao

  3. Oi Nanda. Gostei de você ter usado a palavra “pais” na frase “pais com criança de colo” de modo a englobar mãe e/ou pai. Na minha cidade são muitos os estabelecimentos onde está escrito apenas “mães com criança de colo”. Inclusive já presenciei um pai com um bebê no colo ser impedido de usar a fila preferencial numa lotérica pois a atendente alegou que somente mães poderiam fazê-lo. Parabéns pelo blog. 🙂

    • Acho que pais tambem tem direito, afinal, na sociedade atual, muitas maes trabalham fora e sao os pais quem cuidam das criancas pequenas 😉

      Obrigada por passar aqui e pelo comentario!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s