Filme – Frozen: Uma Aventura Congelante

Um dos filmes que eu esta mais ansiosa para assistir em 2013 era Frozen – a mais recente animação da Disney, inspirada pela história da Rainha da Neve. No Brasil, o filme só chegou em 2014 e eu fui correndo assistir, mesmo um pouco decepcionada com o fato de que NENHUMA sala de cinema em Belo Horizonte disponibilizou o filme legendado (eu adoro a Idina Menzel, que dubla a Elsa).

frozen-poster

O filme conta a história de duas irmãs: Anna e Elsa. Elsa nasceu com o poder de neve e cristais de gelo. Anna adorava brincar com Elsa – principalmente quando Elsa fazia nevar dentro do castelo -, mas quando Elsa atinge Anna na cabeça por acidente (o que quase a matou), as irmãs são separadas. Anna só se salvou por conta de trolls de pedra que reverteram o feitiço. Os portões do reino foram fechados para que ninguém descobrisse os poderes de Elsa, ela cresceu isolada da irmã e Anna cresceu sem ter com quem brincar (em uma das músicas ela até diz que o que resta é interagir com as pinturas nas paredes).

Quando os pais das irmãs morrem em um acidente de barco, Elsa deve assumir o trono (escondendo todos os poderes) e reabrir os portões pela primera vez em anos. Anna fica toda encantada com a possibilidade de interagir com outras pessoas e até conhece um rapaz – Hans – com quem se encanta e fica noiva. No entanto, quando vão pedir a benção de Elsa para o casamento, a recém coroada rainha diz não aprovar o casamento. Na raiva, Anna tira a luva que Elsa usa para “reter” seus poderes e o reino descobre o que a rainha pode fazer. Elsa foge, decidi aceitar seus poderes e até constrói um castelo de gelo para viver isolada (e feliz) –  e com isso temos a melhor sequência musical do filme: Let it go (Livre estou em português). Essa música é linda, fica na cabeça (a versão original é da Demi Lovato).

Enquanto isso, o reino das princesas foi completamente congelado – por conta dos poderes de Elsa – e Anna decide conversar com a irmã para tentar reverter isso, deixando seu noivo no comando.

No caminho, Anna encontra Kristoff e seu alce (traduziram como rena, mas em inglês é um elk, um alce europeu) Sven – que quando crianças, estavam presente no dia que o rei levou Anna para os trolls de pedra. Eles decidem ajudar Anna. E no meio do caminho eles também encontram Olaf, um boneco de neve que Elsa fazia desde criança (ele ganhou vida quando ela decidiu usar seus poderes sem se limitar).

Quando Anna encontra a irmã, Elsa acaba atingindo o coração da mais nova e ela corre risco de vida a não ser que um ato de amor verdadeiro quebre o feitiço.

E a partir daí, toda espécie de reviravolta acontece! O final não é muito previsível, e muito bem feito e consistente. Com certeza, Frozen se tornou uma das minhas animações favoritas da Disney! Mal posso esperar para assistir mais uma vez!

Kristoff é meu tipo de mocinho por não ser o tipo “perfeito” ou “certinho” demais. Adoro os comentários que ele faz: ele acha ruim com Anna por ela ter ficado noiva de um cara que ela mal conhece e também fala que vai contar a Olaf que ele não pode aproveitar o verão… coisas assim.

Adorei o Olaf e o Sven, que são responsáveis pela maioria dos momentos de humor do filme.

Anna e Elsa são lindas e tem características fortes importantes: Elsa é muito bonita, independente e comprometida (principalemtne com as responsabilidades que a ela são dadas), enquanto Anna é persistente e corajosa.

O filme desconstrói o conceito de príncipe encantado e de princesa que fica esperando eternamente pelo príncipe perfeito. A animação também inclui morais interessantes: família e amizade são bem importantes, amor tem mais a ver com cumplicidade e sacrifício do que com romance.

Resumindo, Frozen é engraçado, visualmente incrível e ainda tem mensagens importantes para as crianças (e adultos). Disney acertou em cheio com Frozen e provou que novas princesas nunca é demais!

Anúncios

2 pensamentos sobre “Filme – Frozen: Uma Aventura Congelante

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s